• CDC Marketing

Como mídias sociais influenciam pessoas e empresas - Dossiê 2019


INTRODUÇÃO



Redes sociais surgiram como consequência do mundo globalizado e em pouco tempo, reformularam a forma comunicar e interagir. A importância das mídias sociais nos dias atuais extrapola a de um simples meio de comunicação, atuando como como fator de mobilização social e política e transformando-se em ferramentas de marketing poderosas.


As mídias sociais no brasil e no mundo, deram voz a milhares de pessoas. Tornaram secundários meios oficiais de comunicação, como observado na última campanha eleitoral para presidência do Brasil, onde as mídias digitais forma protagonistas na comunicação.


1.Entenda como surgiram as redes sociais


A primeira rede social surgiu em 1995, no Canadá e tinha como meta conectar alunos e professores (Classmates). Dez anos depois, passariam a ser usadas habitualmente como ferramentas de comunicação, em detrimento a telefonemas e encontros pessoais. No âmbito empresarial, mídias sociai tornaram-se poderosas ferramentas de comunicação para fortalecimento de marcas e organizações.


O protagonismo das mídias digitais é consequência da transformação social resultante da terceira revolução industrial que vivemos: A revolução dos meios de comunicação! Dentro desse cenário, as mídias sociais mudaram a forma de consumir conteúdo e produtos, transformando-se numa forte influência na vida dos jovens.


Em contrapartida, mídias sociais tem sido impulsionadoras da busca pela perfeição. Diversas gerações tem vivido "esquizofrenia coletiva digital", onde parecer ser é mais importante que realmente sê-lo. Em relação ao perigos da internet, a privacidade e uso das mídias tem demonstrado riscos, uma vez que .a falta de legislação específica, torna comum crimes contra a honra e fake news.


2. Entenda cada perfil de mídia social.


Antes de escolher as redes sociais ideais para sua empresa, é preciso conhecê-las. Entender quais mídias são mais usadas para comunicação entre marcas e consumidores responder algumas perguntas como: Cada rede social tem sua peculiaridade e perfil de público.


Entender quais são as mídias sociais mais usadas no seu setor para comunicação entre marcas e consumidores é uma etapa importante do processo, assim como quais mídias seus público alvo utiliza e como funciona cada uma delas. Confira abaixo a lista das cinco redes sociais mais acessadas pelos brasileiros:


I) Facebook:


Números de usuários no Brasil: aproximadamente 130 milhões

Perfil de quem usa:

  • Sexo: 54% feminino x 46% masculino

  • Idades:

  • 9 milhões tem de 13 até 17 anos

  • 28 milhões de 18 a 24 anos

  • 29 milhões de 25 a 34

  • 17 milhões de 35 a 44 anos

  • 10 milhões de 45 a 54

  • 4,5 milhões de 55 até 64

  • 2,1 milhões mais de 65

Frequência de acesso:

  • 67% utilizam o Facebook todos os dias

  • 92% acessam o Facebook pelo menos uma vez por mês

  • 22 minutos é o tempo em média que as pessoas gastam por dia no Facebook

Horário de pico: 13h até 15h (em dias úteis,durante a semana).

Principais ferramentas de marketing:

  • Anúncios - dinâmicos, de leads, no messenger, de vídeos in-stream;

  • Messenger - com recursos gratuitos de chatbot;

  • Facebook for business - central de comunicação e ensino para anunciantes;

  • Facebook IQ - estatísticas sobre tendências e comportamentos de consumidores na plataforma;

  • Facebook para desenvolvedores - fácil integração com diversos sistemas e apis;

  • Relatórios personalizados em tempo real;

  • Lives

II) WhasApp:

Números de usuários no Brasil: aproximadamente 120 milhões.

Principais ferramentas de marketing: WhatsApp fo business.


IV) Youtrube:

Números de usuários no Brasil: 98 milhões;

Perfil de quem usa:

  • 94% das classes A, B e C assistem vídeos no Youtube com frequência;.

  • 96% dos millenials ( jovens de 18 a 35 anos) acessam o YouTube;

Frequência de acesso: 95% dos internautas acessam a plataforma pelo menos 1 x ao mês;

Horários de pico: Quinta e sexta-feira de 12h às 15h;

Principais ferramentas de marketing:

  • Youtube analytics;

  • Youtube Ads;

V) Instagram:


Números de usuários no Brasil: 50 milhões de usuários ativos, sendo o Brasil segundo maior público da mídia;

Perfil de quem usa:Mulheres, mais jovens e pessoas de renda mais alta são maioria;

Frequência de acesso: 94% dos usuários acessam diariamente a plataforma;

Horários de pico: 2:00AM (atinge-se quem está acordando), 8:00AM( quem está indo para o trabalho), 5:00PM (quem retorna do trabalho). Conteúdos de vídeo costumam ter maior engajamento e performance 9:00AM - preferencialmente dias úteis;

Principais ferramentas de marketing:

  • Instagram for business;

  • Boomerang;

  • Instagram Shopping (para e-commerces);

  • Integração e compartilhamento de conteúdo com outras redes sociais como Twitter, Facebook e Tumbler;

  • Direct messages;

  • Reações e selos;

  • Relatórios;

  • Instagram Adds;


3. Como se comunicar nas mídias sociais?


Cada mídia social possui seus algoritmos e regras de acordo com sua proposta. Quem deseja usar as mídias sociais para alavancar suas vendas, deve tê-las em mente para obter uma melhor performance, tanto em postagens, quanto em anúncios. Confira:


I. Facebook (FANPAGE):


Alcance: Atualmente, seu algoritmo se adapta às preferências e gostos de cada usuário, priorizando postagens de páginas que o usuário mais interaja. Entretanto, engenheiros estimam que o alcance orgânico das fanpages chegue a menos de 2%.

Quantidade de texto na imagem: O Facebook recomenda que cada imagem de post tenha até 30% de texto, penalizando postagens com essa porcentagem acima, com menos alcance orgânico.Para avaliar a quantidade de texto na imagem, faça seu upload no site www.facebook.com/ads/tools/text_overlay

Proposta: Informação objetiva e sucinta, imagens limpas, compartilhamento de links externos e transmissões ao vivo.

Dicas:

  • Faça postagens de até 3 linhas, use orações curtas e caso precise dissertar mais sobre o tema, insira um link para o texto do blog com conteúdo mais detalhado.;

  • Faça transmissões ao vivo para aumentar o alcance de sua fanpage;

  • Utilize o Facebook Ads para aumentar o alcance de suas postagens.


II. Youtube:


Alcance: Atualmente o Youtube não possui restrição de alcance.

Proposta: Vídeos de música, tutorias objetivos, entrevistas e palestras.

Dicas:

  • A plataforma dá preferência a vídeos em alta resolução;

  • Faça transmissões ao vivo para aumentar o alcance de seu canal;

  • Estudos mostram que as 3 primeiras horas são as mais importantes para que o vídeo tenha mais chances de aumentar seu alcance. Divulgue seu vídeo assim que postado;

  • Estatisticamente vídeos com legenda também performam melhor;

  • O primeiro minuto de vídeo é o mais importante. Faça uma chamada cativante sobre o conteúdo a ser abordado.


III. Instagram (perfil comercial):


Alcance: 30% de alcance orgânico

Quantidade de texto na imagem: O Instagram recomenda que cada imagem de post tenha até 30% de texto, penalizando postagens com essa porcentagem acima, com menos alcance orgânico. Para avaliar a quantidade de texto na imagem, faça seu upload no site www.facebook.com/ads/tools/text_overlay .

Proposta: A informação aqui é de caráter mais informal e intimista. Just-in-time, trabalha-se o calor do momento. Posts temporários (stories), vídeos curtos. Informação objetiva

Dicas:

  • Faça postagens de até 3 linhas, use orações curtas;

  • O texto deve ser objetivo e sucinto, com imagens limpas;

  • Fale sobre o agora;

  • Faça transmissões ao vivo para aumentar o alcance de seu perfil;

  • Utilize o Instagram Ads para aumentar o alcance de suas postagens.

IV. Linkedin


Alcance: Atualmente o Linkedin não possui restrição de alcance.

Quantidade de texto na imagem: O Linkedin não restringe o alcance das postagens em função da quantidade de texto nas imagens, entretanto é importante que se tenha cuidado para transmitir informação de maneira objetiva, sem poluir a imagem do post. r

Proposta: O Linkedin é uma rede de caráter corporativo, portanto é preciso adotar um tom mais sóbrio e formal.

Dicas:

  • Use hashtags;

  • Monitore os assuntos em alta no Linkedin dentro do seu setor, e fale sobre eles;

  • Leve o usuário até seu site, linkando-o para um artigo de relevância.


4. Como gerenciar suas mídias sociais.


As mídias sociais constituem atualmente um dos meios mais utilizados no relacionamento interpessoal, portanto é preciso que você mapeie corretamente o perfil do seu público alvo, e esteja presente nas mídias em que ele se encontra. Para não cometer erros, ou ficar a base de "achismos", deve-se executar um planejamento específico para mídias sociais.


Os buscadores substituíram as antigas enciclopédias e listas telefônicas, entretanto, estabelecer fontes confiáveis para as mídias sociais e produzir conteúdo autoral faz toda diferença para quem deseja alavancar suas vendas de produtos ou serviços nas redes. Portanto, faça uma lista de website e portais confiáveis para servirem de fontes para seus posts e artigos.


O poder das mídias sociais é imenso, podemos levantar ou derrubar a reputação de uma marca facilmente. Use ferramentas de monitoramento de marca para captar em tempo real menções, e poder interferir a tempo. Desta forma, tantos em citações negativas que exijam gestão de crise, seja em feedbacks positivos, a empresa ou agência de mídia social poderá agir ainda em tempo, evitando danos maiores a sua marca.



AUTORA: Clarice Ferreira Coelho

Especialista em Marketing há 13 anos, sua carreira passa pelo Marketing Corporativo (trabalhando dentro de empresas com a Petrobrás e outras do segmento de Decoração), até agências de publicidade como a AW5 Digital (como COO). Atualmente, é Diretora na CDC Marketing, onde realiza um trabalho focado para área da saúde, junto com uma equipe de sete especialistas em publicidade médica. Clarice ainda ministra palestras e cursos sobre marketing digital para área da saúde em hospitais, congressos e feiras.

114 visualizações
  • linkedin cdc marketing
  • instagram cdc marketing
  • facebook cdc  marketing

Siga-nos:

Receba nossas novidades