• CDC Marketing

Como atrair pacientes através do marketing pessoal?

Atualizado: 29 de Abr de 2019

A multiplicação de escolas médicas nas últimas décadas pelo país, fez com que o número de médicos quadruplicasse em proporção ao crescimento da população. O aumento da concorrência entre profissionais da medicina, somado a aglutinação de 65% da categoria, onde residem apenas 42% da população, associado as novas formas de comunicação e comportamentos de consumo, colapsaram a forma tradicional de comercializar serviços médicos. Novas gerações de profissionais da saúde são jogados a lote no mercado de trabalho, ano após ano, diante de um paciente cada vez mais empoderado e consulente do "Dr. Google". Diante desse cenário, residentes recém-formados precisam comunicar seus serviços médicos, afim de conseguirem pacientes e iniciarem suas carreiras. Por outro lado, a necessidade de confiabilidade da saúde do paciente ao médico, já torna esta relação diferenciada da simples comercialização de um outro serviço, portanto, é ético e normativo que a publicidade médica seja regida por código especial do CFM (Conselho Federal de Medicina), o CODAME. Dentre as inúmeras restrições destacam-se: 


  • Não poder informar qualquer tipo de contato profissional a pacientes em entrevistas, palestras e consultas públicas de meios jornalísticos;

  • A obrigatória inserção do CRM do médico falante na mídia em que se promove;

  • A total proibição da divulgação de valores de consultas, exames ou serviços médicos em geral;

  • Promoções;

  • Divulgações de fotos de antes x depois de pacientes, salvo de congressos médicos, quando autorizados previamente, por escrito, pelo paciente;

  • Promessas de cura ou melhora;

  • Auto atribuições como "o melhor médico", "o melhor método" [...]


Confira abaixo, algumas dicas seguras de marketing pessoal para médicos, que respeitam o manual de publicidade médica, criado pelo CODAME:



1.Crie, administre e acompanhe a conta de seu consultório no Google Meu Negócio.

Integrada ao Google maps, o Google Meu Negócio é uma plataforma gratuita criada pela cia Google para empresas, com o objetivo de ajudar usuários a encontrar facilmente serviços e comercio na geolocalização inserida. O Google My Business atribui uma classificação de 1 a 5 estrelas com base na nota média atribuída ao local por seus frequentadores. Mostra também uma série de reviews de clientes, assim como fotos com localização marcada e outras tantas classificações frutos de feedback fornecidos de forma espontânea. Quando realizamos uma busca no navegador da Google, por exemplo: "Agência de marketing digital médico", aparecem sequencialmente aos sites de busca patrocinada, os negócios afins a busca mais próxima possível do local de quem a realiza ou o local digitado: Ao digitar "Agência de marketing digital São Paulo", as agências de marketing na região buscada, aparecerão primeiramente. Além disso, o Google meu negócio também possui outros recursos bastante interessantes para vários tipos de negócio, assim como para empresas médicas como:

  1. Criação de um website gratuito fornecido pela Google;

  2. Compartilhamento de informações úteis como: horário de funcionamento, telefone, serviços, etc;

  3. Compartilhamento de promoções, ofertas, agendamentos, etc;

  4. Converse com seu cliente através da web ou do aplicativo Google Meu Negócio;

  5. Dados e relatórios: Entenda como as pessoas buscam seu consultório médico através de dados e insights de busca.


2.Sites de busca para médicos:

Com a quase extinção do livreto médico, surgiram uma série de portais de busca de médicos. Recheados com o mais diverso catálogo de médicos especialistas e clínicas, sites como Doctoralia, Doutor 123 e Boa Consulta, ajudam a divulgar as informações de sue consultório e trazem (em sua maioria), uma série de recursos interessantes de marketing. Vale a pena conferir.


3.Tenha um website mobile:

Atualmente no Brasil, mais de 70% dos acessos de websites são feitos via mobile. Estima-se que boa parte da população brasileira não tenha mais personal Computers em casa, fazendo o uso da internet somente pelo celular. Dentro dessa realidade, não ter um site adaptado a dispositivos móveis, significa ignorar mais de 70% de seus clientes em potencial.  Quer saber seu seu website tem uma boa performance no mobile? Leia -> "Qual a nota do Google meu site?" . Crie uma página com seu currículo profissional, locais onde atende, tratamentos e principais especialidades. Não esqueça de inserir contatos (e-mail, telefone e whatsapp), que tenha o hábito de acessar e conecte o Google Analytics a seu site para ter maiores informações sobre como seus pacientes chegam até você e se relacionam com o conteúdo do seu site.


4.Escreva artigos de conteúdo relevante:

Faça uma lista com as principais perguntas e dúvidas de seus pacientes. O que mais lhe perguntam em seu consultório? Escreva artigos sobre temas que seus pacientes gostariam de ler e torne-se referência em sua especialidade. Tudo isso se reverterá em um maior número de agendamentos. Para a confecção de posts em seu blog, recomendamos informar-se sobre as principais regras de SEO (Search Engenieer Optimization), para melhorar o posicionamento do seu site nas buscas do Google. No artigo, "SEO & Navegalidade" ensinamos suas melhores práticas.


5.Mantenha perfis profissionais atualizados nas mídias sociais:

Crie perfis profissionais (Fanpage e Instagram for business), para patrocinar postagens e acompanhar as estatísticas de suas postagens e interações com pacientes. Dissemine conteúdo de relevância também nas principais mídias sociais (Facebook e Instagram). Caso atenda a classes de executivos ou business to business, considere também manter um perfil atualizado no Linkedin. Responda dúvidas e fale sobre os últimos estudos e novidades de sua especialidade. Em plena era da informação, se você não virar referência em informação de qualidade para seus pacientes, acabará sendo engolido pelo "Dr. Google". 


6.Abra uma conta no Whatapp for Bussiness:

Os hábitos mudaram, adultos até 35 anos, em geral, preferem agendamentos via web (e-mail, whatsapp, sistemas de reserva de consulta, etc), agendamentos telefônicos. Invista num número corporativo de whatsapp para seu consultório. Cadastre seu chip para o horário de atendimento delimitado e forneça a seus clientes, além de disponibilizá-lo em seus meios de comunicação.


7.Mantenha seu currículo profissional atualizado na web:

Ninguém saberá de sua formação e especialização se você ou alguém não contar, portanto mantenha seu currículo atualizado em todos os seus meios de comunicação como: website, perfis em sites médicos, sites de planos de saúde credenciados.


8.Promova seu consultório através de Google Adwords:

Com certeza você já se perguntou  "como conseguir mais consultas para meu consultório médico?" Que tal estar no lugar certo, na hora certa? Imagine ser um Neurologista em São Paulo e aparecer  nas primeiras posições do Google quase toda vez que alguém digital "médico neurologista em São Paulo" ? Se você acredita que isso pode melhorar o movimento de consultório, você precisa começar a investir em Google Adwords. Para saber mais detalhes, recomendamos o artigo: Quer anunciar seu negócio no Google? Saiba como.


9.Envolva-se com a comunidade local:

O quanto você é único e importante para a comunidade residente no local onde clinica? Separe parte do seu tempo para ações locais e mostre a comunidade local o quanto você se importa e está integrado a ela. As pessoas retribuirão tendo você como um médico de referência, o que facilitará a criação de vínculos de confiança, indicações, assim como aumento em número de pacientes.


10.Use um sistema administrativo de CRM webservice:

Digitalize-se! Sistemas webservices funcionam na nuvem e permitem fácil integração com demais sistemas de sites, agendamentos on line, ferramentas de marketing, etc. Pare de perder tempo com tarefas administrativas que poderiam ser facilmente substituídas por um sistema e passe a analisar as estatísticas de seus consultório, criando ações de marketing pautadas em cima de dados concretos.



AUTORA: Clarice Ferreira Coelho

Especialista em Marketing há 13 anos, sua carreira passa pelo Marketing Corporativo (trabalhando dentro de empresas com a Petrobrás e outras do segmento de Decoração), até agências de publicidade como a AW5 Digital (como COO). Atualmente, é Diretora na CDC Marketing, onde realiza um trabalho focado para área da saúde, junto com uma equipe de sete especialistas em publicidade médica. Clarice ainda ministra palestras e cursos sobre marketing digital para área da saúde em hospitais, congressos e feiras.

78 visualizações
  • linkedin cdc marketing
  • instagram cdc marketing
  • facebook cdc  marketing

Siga-nos:

Receba nossas novidades