• CDC Marketing

A crise político-econômica e o mercado consumidor latino

POPULISMO X PRAGMATISMO

-SUA INFLUÊNCIA NO MERCADO CONSUMIDOR LATINO-

Momentos desafiadores criam oportunidades para quem se adapta. Aos inovadores que procuram falar a língua dos consumidores, 2 palavras serão verdades potentes para o sucesso: TRANSPARÊNCIA e CAPACITAÇÃO.


A América Latina, que nos últimos 20 anos viu o populismo como uma verdade crescente, hoje vive uma “fadiga populista”, principalmente pelo crescente número de acusações de corrupção nos governos antes ditos salvadores da pátria. No Peru, a populista Keiko Fujimore (filha do presidente Alberto Fujimore) foi vencida pelo banqueiro liberal Pedro Kuczybski; na Guatemala, o presidente Molina aguarda julgamento por corrupção; no México, 600 mil pessoas assinaram uma petição forçando o governo a reforçar leis anticorrupção; em Honduras, milhares saíram às ruas em 2015, contra seu então ministro da saúde, acusado também de corrupção; no Brasil, vivemos as consequências do impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff e todo o processo da Lava-Jato, que tudo indica estar bem longe de um desfecho.

O crescimento da insatisfação popular no quesito corrupção, não é mérito (lê-se demérito) apenas dos governos, atingindo também grandes empresas. Escândalos na Carwash e Odebrecht são apenas alguns exemplos da crescente e épica guerra entre Pragmatismo X Populismo. Isso é um sinal do que ainda está por vir.

Resumindo: a desaceleração econômica, aliada ao fracasso da última onda populista, traz de volta a necessidade de algumas soluções pragmáticas, não aniquilando o populismo e sim, transformando-o. O que é bom ao consumidor. Por incrível que pareça, embora grande parte dos consumidores nesses locais acredite que o sistema está falhando, uma outra tem alta confiança nos negócios, acreditando que esse será o caminho para a retomada econômica. Percebeu? Sim, estamos falando de você!

Então, se você quer realmente fazer parte dessa nova realidade e deseja construir um futuro melhor, inove e pratique o CONSUMERISMO VERDADEIRO, que nada mais é que um tipo de atitude oposta ao consumismo e que se caracteriza por um consumo racional, controlado e responsável e que tem em contas as consequências econômicas, sociais, culturais e ambientais do próprio ato de consumir.


21 visualizações
  • linkedin cdc marketing
  • instagram cdc marketing
  • facebook cdc  marketing

Siga-nos:

Receba nossas novidades